Formas de desligar seu piloto automático

Formas de desligar seu piloto automático

Sabe aquele momento que estamos guiando o carro e sem perceber desligamos a mente? Quando percebemos já estamos no destino sem nem perceber por quais lugares passamos. Esse é um dos momentos em que o piloto automático é ativado. Sem se dar conta, a mente vaga entre lembranças, pensamentos, imagens, ou antecipa situações futuras.

Esses atos automáticos são vantajosos, afinal foi com a ajuda deles que evoluímos a cada geração, por meio da criação de conexões neurais que viabilizam acesso imediato aos nossos hábitos e rotinas.

Porém, estar ligado no piloto automático constantemente pode fragilizar o nosso emocional. Fazendo com que nos percamos entre inquietações ou nos desconectemos do que acontece a nossa volta. Por conta disso é fundamental tomar o controle das nossas emoções e pensamentos. Confira na sequência algumas atitudes que você pode ter para desligar o seu piloto automático e tomar a direção dos seus pensamentos e emoções.

  1. Renove seu olhar em reação aos ambientes

Ao mudar de um ambiente para o outro aproveite para reconstruir o seu intuito de levar a consciência o momento presente. Por exemplo, ao sair de um espaço para outro repare na luminosidade, na transição desse ambiente ou no cheiro, tendo consciência do seu movimento de um lugar para o outro. Cada trajeto é uma chance para estar consciente e desperto de tudo o que te rodeia.

  1. Conecte-se aos seus sentidos

O piloto automático é desligado quando nos conectamos a vida. Essa conexão só existe quando nos ligamos ao universo sensorial, por meio dos nossos cinco sentidos. Portanto, esteja atento aos sons que te rodeiam, saboreie os alimentos conscientemente, sinta as texturas, observe tudo a sua volta e tenha uma experiência sensorial daquele momento.

Esteja aberto ao novo, sem preconceitos, apenas conhecendo tudo por meio dos sentidos. Perceba as emoções e os pensamentos que irão surgir.

  1. Transforme a sua rotina e não se prenda a hábitos

Repetir os mesmos hábitos inúmeras vezes impossibilita o descobrimento do novo. Busque realizar mudanças, mesmo que sejam pequenas, em seus hábitos diários. Pois isso irá te ajudar a despertar. Como, por exemplo, sentar-se numa posição diferente, pegar em alguns objetos com a mão contrária à que utiliza frequentemente, fazer um caminho diferente do usual, ir à outros restaurantes, etc.

Ou seja, faça coisas novas e perceba como, possivelmente, isso acarreta uma maior consciência e percepção das coisas, das pessoas, dos lugares e das emoções.

Add Your Comment