A importância da psicologia para as mulheres

A importância da psicologia para as mulheres

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a depressão atinge 5% da população mundial e que para cada pessoa do sexo masculino com depressão, duas mulheres têm o transtorno. Quais seriam os motivos de as mulheres terem o dobro de chances de desenvolver depressão que os homens?

Primeiramente é fundamental salientar que estudiosos afirmam que essa diferença deve-se ao fato de as mulheres procurarem, frequentemente, atendimento médico ou de profissionais da saúde do que os homens. Isso acontece, pois os homens desde pequenos são condicionados a negar tais sintomas. Além disso, eles têm uma maior tendência ao consumo de drogas e bebidas alcoólicas como subterfúgio contra os sintomas depressivos, ao passo em que, as mulheres tendem a demonstrar seus sentimentos. Porém, existem outros fatores que podem fazer com que mulheres apresentem um episódio depressivo.

Estudos demonstram que os sintomas depressivos surgem frequentemente durante e após o período de gravidez do que em outros períodos da vida de uma mulher. Isso se deve ao fato da grande quantidade de transformações que acontecem nesse período que podem influenciar decisivamente para o surgimento de quadros depressivos.

Existem mulheres também que são sensíveis às oscilações hormonais nos períodos menstruais, se tornando mais propensas a terem transtornos de humor. Por isso, esse período pode estar intimamente atrelado a uma instabilidade da sintomatologia depressiva. Outro fator é a chegada da menopausa, neste período as chances de ter depressão são duas vezes maiores quando comparado a outros períodos da vida da mulher. Na menopausa os hormônios podem alterar a produção dos neurotransmissores, fato que pode desencadear a doença.

Mais um fator é a jornada dupla que muitas mulheres precisam encarar para conciliar as atividades domésticas e os cuidados com os filhos, com a vida profissional. Isso, de fato, colabora para o surgimento da doença. A questão do estereótipo de corpo perfeito, mais exigido das mulheres, influencia também para a aparição da sintomatologia depressiva.

Sabe-se que as mulheres são mais vulneráveis a sofrerem violência doméstica e sexual e esse também é um fator que tem uma contribuição para o desenvolvimento da doença, uma vez que, situações desse tipo geram sensação de desamparo e o isolamento social que, por conseguinte, desencadeiam a depressão.

Além desses fatores, vale salientar que a depressão é um transtorno multifatorial, ou seja, múltiplas causas contribuem para o aparecimento da doença. Desse modo, não há uma causa única, vai depender de vários fatores como os ditos anteriormente e do modo como cada indivíduo reage a eles.

É fundamental, no entanto, que as mulheres estejam atentas e busquem a maior quantidade de informações possíveis sobre esse transtorno para, quando necessário, irem em busca do auxílio profissional especializado, o quanto antes.  Com um tratamento apropriado, por meio da ajuda capacitada é possível superar a depressão e ter uma melhor qualidade de vida.

Add Your Comment